O Que é Cyberbullying?

O Cyberbullying podemos dizer que é a versão tecnológica do já tão discutido Bullying. É considerado como Cyberbullying o conjunto de ações que conta com o uso de tecnologias da informação como a internet, por exemplo, para ofender, intimidar enfim ter um comportamento hostil em relação a outra pessoa.

Esse tipo de Bullying é bastante comum entre os jovens, mas existem casos de adultos que utilizam as redes sociais, por exemplo, para dificultar a vida de alguém. Com o crescimento desse problema foram criadas legislações e campanhas de sensibilização, entretanto, ainda não tem sido o suficiente para dar um fim no problema.

Formas de Cyberbullying

Para começar é importante entender que usar aparelhos celulares ou outros dispositivos eletrônicos para enviar textos e imagens com a intenção de incomodar ou constranger outra pessoa é uma forma de cyberbullying. Aquele que apenas que reenvia um e-mail que lhe foi passado com ofensas a um terceiro está praticando cyberbullying também.

Além de textos e imagens que se refiram a algum defeito físico ou emocional da pessoa que se pretende atingir é possível que essas mensagens contenham comentários como ameaças, rótulos pejorativos enfim um discurso que apresente e incite o ódio contra aquele de quem se fala na mensagem.

O Conteúdo do Cyberbullying

O conteúdo do cyberbullying pode conter dados pessoais das vítimas como o seu nome completo, o seu endereço ou mesmo o local em que a pessoa trabalha ou estuda. Esses dados são divulgados sites ou fóruns com o objetivo de ridicularizar a pessoa que se pretende humilhar.

Outro tipo de cyberbullying é aquele que consiste no envio de mensagens instantâneas e e-mails com ameaças ou com um tipo de assédio. Existe o tipo de bullying digital que posta rumores e boatos sobre a vítima para instigar que outras pessoas passem a incomodá-la.

O Cyberbullying Entre Crianças e Adolescentes

Essa prática de perseguição e busca pela humilhação do outro é mais comum entre as crianças e adolescentes. No Ensino Médio é possível conferir mais exemplos dessa prática em especial entre as meninas que são mais propensas a esse tipo de bullying. Existe uma tendência que os meninos sejam mais agressivos pessoalmente enquanto as meninas prefiram o meio digital para assediar as suas vítimas.

O assédio moral, em que consiste o cyberbullying, pode acontecer através do envio de e-mail, mensagens de textos ou mesmo postagens em redes sociais e sites de relacionamento e blogs. Vale lembrar que o cyberbullying é tão ou mais prejudicial que o bullying ‘tradicional’ podendo chegar a casos extremos como o suicídio da vítima.

Cyberbullying – Bullying na Rede

Um dos principais problemas do cyberbullying é o fato de ser praticado na internet que é um meio de comunicação de massa utilizado por muitas pessoas. Além de as mensagens de ódio chegarem a mais pessoas através da web existe o fato de que a internet é uma ‘terra de ninguém’, pois é possível se mascarar atrás do anonimato.

Cyberbullying em Jogos Online

O cyberbullying pode acontecer até mesmo em jogos online como, por exemplo, o Counter Strike. Por exemplo, quando uma pessoa envia uma mensagem hostil de propósito para outro jogador com o desejo de importuná-lo. Existem casos em que um jogador ataca os inimigos de outro para evitar que o último consiga avançar no jogo, atitude chamada de roubo de presas.

O Bullying Que Acontece Fora da Escola

Antes da difusão da internet muitos alunos já eram perseguidos e humilhados por colegas nas dependências da própria escola. Entretanto, o cyberbullying geralmente não ocorre dentro da escola, pois na maioria dos casos os alunos não têm acesso a redes sociais ou e-mails nos laboratórios de informática.

Dessa forma cabe aos pais o monitoramento do que os filhos fazem na internet, esse tipo de agressão virtual acontece quando esses jovens estão em casa. Os pais devem estar presentes e cientes da vida digital dos seus filhos para saber se eles estão sendo vítimas ou empreendendo o cyberbullying contra algum colega.

Uma forma de manter um controle maior sobre o uso que o filho faz do computador é deixar o computador num local de grande circulação da casa para que os adultos possam estar sempre observando o que está sendo feito.

Mantenha a Sua Privacidade

Uma maneira de evitar algumas das formas de cyberbullying é manter a sua privacidade salvaguardada. Para isso evite expor os seus dados pessoais como telefones, e-mails pessoais e o seu endereço. Não poste fotos e vídeos que sejam muito pessoais, aqueles que mais se expõem na web são os mais propensos a se tornarem vítimas de cyberbullying.

Saiba que existem blogs e sites que são especialmente dedicados a postar o que chamam de ‘pérolas’ das redes sociais. Em geral esses sites e blogs preservam a identidade da vítima para evitar processos, mas tem casos em que o nome do usuário é indicado e dessa forma todos os que veem essa página podem acessar o perfil daquele que está sofrendo cyberbullying.

O Que Fazer Quando Se é Vítima de Cyberbullying?

A primeira coisa que se deve ter bem clara é que o anonimato não é assim tão completo e absoluto na internet. Os computadores que estão ligados a rede mundial possuem um número que se chama IP e que pode ser rastreado. Até mesmo aqueles que utilizam lan houses para praticar o cyberbullying podem ser pegos se a mesma mantiver o registro de usuários de cada máquina.

A vítima do cyberbullying pode e deve preservar provas da intimidação e humilhação a que vem sendo submetido através de screenshots de telas como dos e-mails ameaçadores, mensagens ou fotos que lhe tenham sido enviadas. Tirar print da tela é muito importante para provar esse tipo de crime, pois o agressor pode apagar o conteúdo a qualquer momento ou mesmo postar em outro endereço.

Aquele que se sente ofendido com algum conteúdo postado na internet pode fazer uma notificação ao prestador do serviço de conteúdo para que o mesmo seja retirado do ar, porém, é claro preservando a prova de que houve o insulto.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.