Quem Criou o Monitor

Você consegue imaginar como seria trabalhar com um computador sem o monitor? É muito difícil pensar em como entender e orientar as ações dessa máquina sem ter uma interface gráfica para acompanhar, não é mesmo? Pois, saiba que os primeiros computadores da história, desenvolvidos na década de 1950, não tinham monitores e os especialistas nem sonhavam com essa possibilidade.

Estamos falando de uma época em que a televisão era uma novidade conhecida por poucos e que gerava dúvidas quanto a sua capacidade de popularização. Mas, então como será que foram criados os monitores e quem foi o seu inventor? Se você ficou curioso acompanhe a linha do tempo da história dos monitores que criamos abaixo.

Trajetória do Desenvolvimento dos Monitores

Primeiros Computadores

Os computadores da década de 1950 eram bem diferentes dos que temos em casa atualmente. Eles eram enormes ocupando vários metros cúbicos e necessitavam de um incontável número de cabos para funcionar. A forma de orientar as ações dos computadores era por meio do uso de cartões perfurados que eram encaixados na máquina. Para verificar o andamento das solicitações era necessário que os programadores interpretassem várias páginas impressas.

Somente aqueles que tinham amplo conhecimento de programação conseguiam trabalhar com os computadores. Se esse modelo tivesse persistido não teríamos o que hoje chamados de computador pessoal. O surgimento da televisão contribuiu para que novas ideias de manejo dos computadores surgissem. A primeira dessas ideias foi a do teleimpressor que usava um televisor para fazer as impressões, assim se fez uma boa economia de papel.

Monitores de TV

Nos anos 1970 começou a ser difundido o conceito de computador pessoal e muitas pessoas utilizavam o monitor de TV como tela para sua máquina. A mesma entrada de vídeo que era usada para conectar o videogame permitia a conexão com a televisão. Apesar de ser um método que barateava os custos era inegável que a resolução era ruim e não permitia um trabalho profissional.

VT05 – Primeiro Teleimpressor Embutido

Foi em 1970 que o VT05 chegou ao mercado, o lançamento da Dec se destacava por ser o primeiro computador a ter o seu próprio teleimpressor embutido. Os dados gerados pela máquina eram exibidos em tempo real na sua tela com 20 linhas e 72 colunas com caracteres alfanuméricos.

Monitores Monocromáticos

A evolução dos computadores culminou nos primeiros monitores que eram monocromáticos, algo que não tinha relevância na época uma vez que as máquinas não geravam imagens coloridas. Um dos primeiros computadores a trabalhar com a tela monocromática e letras verdes foi o IBM PC. Quando a máquina precisava exibir aplicativos gráficos e jogos simulava as cores variando tons da sua única cor.

Monitores Coloridos

A indústria de computadores percebeu que precisava aumentar a sua gama de cores e para isso desenvolveu monitores que se valiam dos mesmos tubos catódicos dos aparelhos de TVs. Os primeiros monitores coloridos nada mais eram do que adaptações de aparelhos de televisão. Com o passar do tempo foram sendo realizados aperfeiçoamentos, mas ainda não se tinha uma qualidade próxima a atual.

Para que um computador exibisse uma grande gama de cores precisava ter muita memória disponível. Nessa fase era comum que os programadores usassem truques como usar uma única cor para preencher pixels próximos.

Telas de Cristal Líquido

Na década de 1980 foi a vez do surgimento das telas de cristal líquido que tinham capacidade de exibição de cores semelhante a tela de uma calculadora. Por terem um custo elevado e pouca eficiência essas telas eram usadas somente em notebooks. Um dos primeiros modelos a usar essa tela foi o HX-20 da Epson de 1982.

Após alguns anos no mercado as telas compactas de cristal líquido passaram a ter uma iluminação melhor e a exibir uma gama mais ampla de cores. Na década de 1990 foi a vez das telas LCD passarem a conquistar o mercado de telas compactas.

Evolução de Qualidade

O passar do tempo apenas fez bem aos CRTs que passaram a ter tecnologia de maior qualidade tendo como desvantagem somente o seu tamanho. Os monitores de tubo apresentam qualidade de imagem superior às telas LCD em muitos casos. Atualmente, os monitores de LCD lideram a lista dos mais vendidos por terem boa qualidade, custo competitivo e ocuparem menos espaço. Tem monitores que são usados tanto como TV quanto como computador.

Telas de Plasma

Durante algum tempo se viu como um luxo desnecessário usar telas de plasma para monitores de computador. Contudo, o seu uso já está mais difundido e se mostra interessante especialmente para quem depende da definição de imagens para trabalhar. O custo final fica mais alto, mas não apresenta qualidade de imagem superior.

Monitores com Touch Screen

São monitores que apresentam sensibilidade ao toque permitindo que o usuário guie as suas ações apenas com o apontar dos dedos. Segue o mesmo padrão de monitores de máquinas de autoatendimento de bancos e smartphones.

Tecnologias para o Futuro dos Monitores

O setor de informática está em constante evolução e apresenta novidades todos os dias. Os monitores também passam por modificações constantes e abaixo listamos as inovações que prometem mudar a forma como usamos as máquinas pessoais.

Computador com Monitor sem Fio

A ideia que parece saída de um filme de ficção científica já existe, os monitores sem fio transmitem as imagens usando conexão wireless. Ainda existe limitação quanto a distância que os monitores podem estar da máquina para que haja essa conexão, mas nada que não seja resolvido em alguns anos.

Monitor OLED

Essa tecnologia substitui as células de plasma por diodos de carbono que permitem a formação da imagem com mais qualidade e com muito mais rapidez. Uma vez que as moléculas se encontram depositadas diretamente na tela a mesma possui somente 3 mm de espessura.

Monitor Dell OLED

Monitor Dell OLED

Monitor LED LCD

Essa tecnologia é inovadora porque oferece economia de energia bem como a possibilidade de que o monitor seja ainda mais fino. A iluminação da tela, que antes era feita por apenas uma lâmpada fluorescente, agora passa a ser feita por diversas lâmpadas LED. A espessura desse monitor é de apenas 3 centímetros.

Monitor com Imagem 3D

Os monitores convencionais trabalham com a reprodução de gráficos tridimensionais na superfície da tela com base 2D. Os monitores 3D passam a contar com maior noção de profundidade sendo que os objetos têm textura e volume destacados. Essa tecnologia ainda é uma novidade e além de exigir placas gráficas especiais também pode necessitar do uso de óculos especiais como no cinema.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Eletrônicos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.