Exibicionismo Pessoal nas Redes Sociais

O exibicionismo pessoal nas redes sociais é um problema atual que remonta a vários obstáculos, defeitos, dilemas e necessidades do ser humano. Em um mundo repleto de tecnologia onde todos estamos conectados pela internet e de certa forma próximos uns aos outros por plataformas digitais, como as redes sociais por exemplo, fica cada vez mais difícil não saber sobre a vida do outro; o que o outro comeu, onde o outro foi, se alguém está namorando, se alguém está se formando, se alguém conseguiu comprar um carro ou conquistou algum sonho importante, ou até mesmo se alguém morreu ou se casou. De certa forma esse emaranhado de coisas e acontecimentos desperta nos seres humanos uma enxurrada de emoções e sensações, onde as comparações são inevitáveis. Comparações estas que causam alguns problemas sociais, como reclusão, exacerbação do caráter interpessoal e até mesmo o sentimento de inveja.

Mas o que isso tem a ver com a questão do exibicionismo pessoal? Bom, a partir do momento em que o ser humano começa a  se comparar com outros seres humanos que estão postando em redes sociais somente suas conquistas ou pontos positivos, aquilo passa a se tornar um tipo de comparação negativa, onde somente as conquistas passam a ser as competências necessárias para se adentrar em uma sociedade onde, aparentemente, só se tem pontos positivos e isso não é a verdade. A necessidade de se exibir nas redes sociais perpassa por uma necessidade de alguns pontos, como status, prazer, necessidade de provação e de autoafirmação.

A questão do status muito pode ter a ver com o circulo pessoal em que a pessoa se encontra, a necessidade de por a prova para alguém ou para alguma empresa de que você é importante ou se tornou importante; a questão do prazer muito tem a ver com a necessidade de se alimentar uma sensação química-pessoal o seu próprio eu, na sua própria maneira de viver, onde a recompensa química de prazer no cérebro somente pode ser ativada quando as pessoas nas redes sociais te aceitam, com likes, com comentários e com compartilhamentos, “mostrando” algo que você conquistou ou alguma foto em que receba muitos likes, e esse prazer nem sempre é real, pois é somente uma forma de preencher a sua necessidade; a questão da autoafirmação e provação perpassa por pontos fundamentais na sociedade de modo geral como aceitação social e necessidade do próprio exibicionismo.


O exibicionismo pessoal nas redes sociais é algo que se torna hipócrita também a partir do momento em que socialmente você tenta criar um personagem perfeito, com viagens, lugares legais, casamentos, festas, curtidas, bebidas, carros, relacionamentos perfeitos; todos esses fatores associados a uma vida corrida e cada vez mais sem tempo para viver a vida foda da realidade virtual criam um ambiente onde o exibicionismo passa a ser a maneira mais fácil de se conseguir atingir o prazer e a aceitação social. Vale lembrar que a vida não é somente feita por uma rede social e que a principal forma de aproveitar e conhecer quem você realmente é, é tendo realmente experiências na vida que te acrescentem algo e não preencham necessidades de prazer com curtidas, provações e expectativas de outros sobre você.


Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Internet

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.