Internet na Tomada de Casa

É quase que unânime entre as pessoas que a internet é um dos, senão o principal, meio de comunicação da geração atual. Isso porque, com ela, é possível trocar e receber informações quase que simultaneamente, conversar com parentes e amigos em qualquer lugar do mundo, e, ainda, é um amplo local para se ganhar dinheiro.

Tamanha essa importância, que começou a ganhar força no início do século XXI, a Internet passou a ser a “Televisão dos anos 2000”, já que, no século XX, a criação da televisão foi a maior e mais invenção humana deste século, já que revolucionou o modo de noticiar e entreter a sociedade.

Atualmente, as novas tecnologias que envolvem a internet estão a plenos vapores. Tanto é que, quase diariamente, são lançadas novas tendências com o propósito de alavancar e melhorar as redes conectadas. Por exemplo, a fibra ótica veio para revolucionar a qualidade e a rapidez da web, ao contrário das outras linhas de distribuição.

No nosso artigo de hoje, iremos dar atenção especial a um item que vem cada dia mais a chamando a atenção dos internautas: a internet na tomada mais próxima em sua casa. Aqui, você vai conferir um pouco mais sobre essa nova tecnologia, bem como informações interessantes acerca dela. Vamos lá?

A Internet

O conceito de internet começou a ter efeito nos anos 1960, com intuito, originalmente, de ajudar os militares a traçarem planos estratégicos em guerras e outros eventos. No entanto, a grande rede, como era conhecida, começou a se expandir para outras áreas.  O próprio nome, “Internet”, que é grafado com letra maiúscula por ser considerado um nome próprio, é ainda mais antigo que a televisão: É datado de 1883, onde seu significado remetia a “redes interligadas”, também sendo utilizada como adjetivo para caracterizar algo “conectado”.

Mas foi em 1990 que a internet começou a ganhar as formas que tem hoje. Principalmente nos países desenvolvidos como os Estados Unidos. A possibilidade de se enviar um e-mail a uma outra pessoa a milhares de quilômetros de distância, bem como acessar sites de notícia eram verdadeiras revoluções tecnológicas. Na década de 90, foi estimado que o crescimento da internet ultrapassasse os 100%, a cada ano. Em 1995, a internet nos EUA começava a despontar para o que é hoje, tendo restrições que prendiam as grandes redes anuladas nesse ano.

Estudos indicam, também, que o crescimento anual de usuários na internet cresce a taxas que variam de 20 a 50% ao ano, ao passo que, hoje, a internet possui mais de 2 bilhões de internautas, o que corresponde, aproximadamente, a mais de 30% da população mundial.

A World Wide Web foi a grande responsável pela transformação da internet ao que ela é hoje. Antes relegada apenas aos militares e aos cientistas que visavam trocar informações científicas entre os muitos pesquisadores do planeta. Em 1992, foi dado o largo para que a web começasse a deixar de ser restrita e, por fim, aberta a população em geral.

A criação da internet entrou em simultâneo com a adoção de aparelhos portáteis – alguns nem tão portáteis assim- que tinham o poder de realizar ligações de qualquer área para um telefone fixo: estamos falando do telefone celular. Com o aparelho, chamadas telefônicas poderiam ser realizadas de aparelho para aparelho e para telefone fixo – e vice versa- sem precisar de um fio telefônico, necessitando apenas de uma antena celular, para que o sinal seja estabelecido. Na época, o aparelho causou enorme frisson, sendo que muitas pessoas desejavam ter um exemplar nos bolsos. Atualmente, o celular ganhou outras atribuições que o fazem muito mais completo do que apenas realizar chamadas ou mandar mensagens: tirar fotos, navegar na própria internet, utilizar aplicativos, enfim. São os Smartphones.

A Internet via Wireless

Para muitos, os cabos que ligam tanto a alimentação quanto a internet nos PC’s e em alguns notebooks são uma verdadeira dor de cabeça, já que podem dificultar e muito uma simples mudança dentro de casa, por exemplo. Por isso, além dos convencionais fios, em meados dos anos 2000, foi lançado o “wi-fi”, ou seja, uma rede wireless – assim como funciona nos notebooks mais novos e nos smatphones- onde, por meio do roteador, a internet cabeada passa a ter o sinal transmitido a esses aparelhos por ondas eletromagnéticas, ou seja, sem o uso de fios e outros afins.

No entanto, mesmo com essa praticidade, muitos sofrem com os sinais wireless por conta de vários motivos: interferências físicas (como paredes, portas) e também eletrônicas. Para sanar ou amenizar esses problemas, foram criados os “roteadores” de tomada, ou seja, aparelhos que tem a capacidade de replicar o sinal de wi-fi para outros lugares do local onde o roteador está, para ter melhor alcance de sinal em tais áreas.

Marcas conhecidas no mercado como a TP-LINK, que é famosa por fornecer itens de informática, como roteadores, possui uma linha especial para esses adaptadores de tomada. O kit contém dois aparelhos, sendo que um deve ser conectado em uma tomada próxima ao roteador, e o segundo equipamento deve ser colocado no ambiente em que se deseja alavancar o sinal de internet. Desse modo, o sinal será replicado para o primeiro equipamento e, logo em seguida, será passado ao segundo equipamento, garantindo estabilidade na rede e o conforto para o usuário pode usufruir de uma internet rápida e sem engasgos. O preço dos aparelhos não ultrapassa os 400 reais.

A transmissão dos dados de um equipamento para outro só é possível graças a uma tecnologia adotada pela TP-LINK onde os dados da internet podem ser passados por meio do circuito elétrico da residência ou escritórios, dados esses que podem fazer com que o usuário baixe filmes ou músicas de uma maneira rápida e sem transtornos.

Além do uso de celulares e de outros objetos que utilizem a rede Wi Fi, tais equipamentos serão úteis também para as smart TV’s, que, atualmente, já estão saindo de fábrica com wi-fi integrado, pronto para receber a internet e, por fim, funcionar como um computador.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Internet

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.