História das Redes de Computadores

Hoje em dia não imaginamos a nossa vida sem as redes de computadores, não é mesmo? Mas, você sabe qual é a história dessa rede? A seguir vamos contar um pouco desse interessante histórico.

Período de 1960-1972

Na década de 1960 a comunicação em rede era feita pela rede telefônica na qual a voz das pessoas era transmitida através de interligação de circuitos numa frequência constante entre o destino e a origem. Foram desenvolvidos micro e mini-computadores que tinham um bom desempenho, no entanto, faltava uma forma de unir os mesmos.

A necessidade de dividir informações entre usuários diferentes e regiões se tornou crescente. Com o objetivo de tornar a interligação de circuitos numa interligação de pacotes iniciaram-se três pesquisas diferentes. O primeiro deles se deu em 1961 em que Leonard Kleinrock utilizou a teoria conhecida como das filas nos laboratórios MIT.

Em meados de 1964, Paul Baran, no Rand Institute iniciou o seu estudo a respeito do da interligação de pacotes para fazer a segurança das mensagens voz nas redes militares. Já na Inglaterra Donald Davies e Roger Scantlebury trabalhavam em ideias a respeito da interligação de pacotes no National Physical Laboratory.

ARPAnet

Os três trabalhos unidos com o trabalho de Lawrence Roberts no MIT  deram origem ao projeto científico ARPA (Agência de Projetos de Pesquisa Avançada). No ano de 1967, Roberts, publicou aquela que seria a internet pioneira, a ARPAnet. Essa foi a primeira rede de computadores através de interligação de pacotes. Esses primeiros comutadores foram chamados de IMPs (interface message processors).

No mesmo ano em que o homem pisou na lua, 1969, instalaram pela primeira vez um IMP  na Universidade da Califórnia tendo três IMPs. Foi a primeira vez que um login distante entre a Universidade da Califórnia e o Research Institute foi usado, porém, o sistema que tinha apenas 4 nós caiu.

Apresentação da ARPAnet

Em 1972 a ARPAnet possuía 15 nós, então Robert Kahn a apresentou na Conferência Internacional de Computadores. O NCP (network-control protocol) entrou para a história como o primeiro protocolo de controle dessa rede. Também foi nessa época que foi criado o pioneiro programa de e-mail através do trabalho de Ray Tomlinson na BBN. A ARPAnet consistia em ser uma rede limitada em que para se conectar era necessário estar ligado num dos seus IMPs.

Período entre 1972 – 1980

Pequenas Redes

Em meados da década de 1970 surgiram novas redes de comutação de pacotes dentre as quais se destacam:

  • ALOHAnet – Uma rede de micro-ondas que fazia a ligação das ilhas do Havaí.
  • TELENET – Rede de interligação de pacotes do tipo comercial da BBN com inspiração na ARPAnet.
  • TAYMNET e TRANSPAC – Redes de interligação de pacotes da França.

As pequenas redes foram aparecendo cada vez mais e devido a isso Robert Metcalfe apresentou os conceitos de uma rede local que se chamou ETHERNET e que depois deu origem a LANs de curta distância. O trabalho de conexão das redes teve a supervisão da DARPA (Agencia de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa) nas figuras de Vinton Cerf e Robert Kahn.

Foi criado então o protocolo TCP (transmission control protocol) que tinha como responsabilidade fazer a entrega em sequência dos  pacotes. Para dividir o trabalho foi criado o protocolo UDP que tinha como responsabilidade o controle do fluxo de voz dos pacotes.

Período das Décadas de 1980 e 1990

Quando a década de 1970 chegou ao fim cerca de 200 computadores estavam conectadas a ARPAnet. Isso devido as pesquisas e também ao fato de que a rede era usada para a comunicação militar durante a Guerra Fria. Depois que o período da Guerra Fria passou os militares não tinham mais interesse na ARPAnet e então a passaram para as universidades.

Os pesquisadores então transmitiram a comunicação para outras nações chegando a ter 100 mil máquinas na rede na década de 1980. Foi então que a rede passou a ser chamada de internet. Foi no dia 1° de janeiro de 1983 que o protocolo TCP/IP se tornou oficial e passou a ser obrigatório em todos os computadores.

DNS (Domain Name System)

O ano de 1986 foi muito significativo para a internet uma vez que foi nele que foi criado o NSFNET o backbone primário que continha acesso aos demais centros de computadores além do DNS (Domain Name System) que permitia fazer a transformação dos endereços para palavras e letras já que são mais fáceis de memorizar.

Período entre 1990 e 1996

A ARPAnet acabou nos anos 1990 e o controle de grande parte do tráfego de dados do Departamento de Defesa dos EUA era feito pela Milnet e a Rede de Dados de Defesa. A NSFNET ganhou o papel de  backbone de conexão entre os Estados Unidos e as demais nações, porém, perdeu seu espaço no mercado no ano de 1995 quando esse trabalho se tornou de responsabilidade dos provedores de internet.

World Wide Web

O grande destaque da década de 1990 foi a World Wide Web que chegou em milhões de casas e empresas de todo o planeta. A internet passou a ser usada para fins empresariais, financeiros, educacionais e até mesmo de lazer. A criação da Web foi de Tim Berners Lee entre os anos de 1989 e 1991 no Cern (Centro Europeu para Física Nuclear).

Usando como base os trabalhos de Bush(realizado em 1940) e Ted Nelson (realizado em 1960), Lee, e a sua equipe criaram as primeiras versões de HTML, HTTP, um Browser e até um servidor de web.

O Brasil e a Internet

Em 1990 o Brasil passou a fazer parte da rede de computadores através da criação da RNP (Rede Nacional de Pesquisas). No ano de 1992 foi fundada a Internet Society e o país já contava com 200 servidores de web em atuação. Nessa época o grande interesse do mercado era desenvolver browsers com foco na interface gráfica. A Embratel nesse mesmo período ofereceu acesso a rede das empresas e para usuários particulares.

O avanço da internet depois do ano de 1996 é bastante claro, pois se não tivessem acontecido tais avanços hoje você não estaria na internet lendo esse artigo, não é mesmo?

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Noticias

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.