O Office Foi Parar Definitivamente nas Nuvens

O pacote de aplicativos de escritório mais usado no planeta foi para nas nuvens de uma vez por todas. E não estou dizendo que o Office está acabado, tampouco que encontraram um substituto melhor que os programas da Microsoft.

O que ocorre é que agora os usuários poderão contar com uma versão dos programas totalmente nas nuvens, 100% online e com as mesmas funcionalidades que os programas originais,

E o Office Web Apps? Não era nas Nuvens?

O Office Web Apps sem dúvida serviu de palco de testes para o lançamento do Office 365, a versão online do pacote de aplicativos. O serviço lançado em conjunto com o Office 2010 funciona como uma espécie de expansão dos softwares de escritório da Microsoft e não propriamente como um software independente.

O acesso ao serviço online é feito através do Windows Live ID – o endereço de e-mail que você usa para acessar serviços como o Windows Live Messenger ou o Hotmail — e é autorizado apenas para os detentores de uma licença da versão 2010 do Microsoft Office.

Versão

Não se pode negar que a versão online do Office 2010 é um aplicativo de nuvem, pois seu conteúdo é proveniente da rede assim como seu acesso. Tal qual ele, o Hotmail e tantos outros serviços de e-mail também são aplicativos da nuvem e a maioria dos usuários não se dá conta de que já estão com um pé na Cloud Computing sem saber.

Para quem Serve o 365?

De forma simples, o Office 365 servirá para todo mundo. O pacote de aplicativos entrou em fase de testes nessa terça feira, e deverá ser lançado ano que vem. Suas funcionalidades são bastante similares às dos aplicativos já conhecidos e instalados na maior parte das máquinas atualmente.

Os usuários que preferirem a versão online à física instalada em suas máquinas — e tiverem disponível um serviço de internet suficientemente veloz — poderão fazer essa opção e assinar o novo Office.

Lançamento

O principal foco do novo pacote de aplicativos, no entanto, são pequenas e médias empresas. Segundo a coletiva de impressa da Microsoft, o Office 365 será vendido na forma de assinaturas por determinado período de tempo e terá sistemas de descontos para empresas de acordo com o número de instalações do produto.

Segundo Chris Capossela, vice-presidente sênior da Microsoft durante o lançamento do Office 365 em San Francisco essa semana, o pacote de aplicativos deverá se combinar com outros serviços da nuvem já existentes como o Windows Live Skydrive e será compatível com a maioria dos navegadores e serviços móveis disponíveis atualmente.

O que significa que poderemos ver alguma ligação bastante profunda entre o Office 365 com o já consolidado Windows Live ID, assim como ocorre com o Office Web Apss, acessado dentro da conta Windows Live.

Ligação

A nova versão do pacote de aplicativos de escritório mais usado no planeta só mostra como a computação em nuvem está se consolidando cada dia mais e se tornando realidade para quem usa a internet. A cada dia que passa, estamos sendo transferidos para dentro da nuvem. Esse processo está acontecendo cada vez mais rápido e é inevitável. O problema é encontrar alguém que queira realmente negar tudo de bom que a migração para as alturas nos traz e pará-la.

Por Thiago Resende

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Programas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.