O Que é CCleaner e Como Ele Funciona?

O Software

O CCleaner é um software que tem diversas funções interessantes e úteis para ajudar a deixar o seu computador mais organizado e limpo. Uma das funções básicas que ele oferece é poder marcar e desmarcar o que não quer na máquina e limpar os seus arquivos. A seguir vamos explicar um pouco mais sobre o software e como ele funciona.

Dicas Para Usar o CCleaner

Cuidado ao Deletar

Hoje em dia se tem uma ideia de que os cookies são maus para o computador e que devemos sempre limpar o cachê do navegador. No entanto, é importante saber que parte dos dados que nos dizem para jogar fora são dados necessários e que não devem ser deletados. Os dados do cachê existem para facilitar a abertura mais rápida dos sites sem que seja necessário carregar de novo a página todas as vezes que acessar o site.

Verificação dos Cookies com o CCleaner

O software tem como uma das suas principais funções fazer a verificação dos cookies. O programa possui duas abas uma delas é a de cookies que devem ser removidos e a outra de cookies que devem ser mantidos. O padrão do programa é deletar todos, porém, isso não é o mais indicado.

Você pode selecionar com o mouse qualquer um dos cookies que aparece na lista de remoção e clicar com o botão direito do mesmo para marcar a “verificação inteligente” o que vai fazer com que o CCleaner faça uma busca daqueles cookies que não devem ser deletados. Uma dica legal é ir adicionando manualmente os cookies a lista, deixe os arquivos dos sites em que você confia. Assim você não precisa colocar o login toda vez que acessar o site.

Organização

O programa ainda oferece uma sessão exclusiva para fazer a organização de programas instalados no seu computador. Você encontra essa página de organização na aba “Ferramentas” com o nome “Desinstalar”. Essa ferramenta parece bastante com a ferramenta do Windows. A diferença é que a ferramenta do CCleaner é mais rápida e também mais leve além de oferecer opções extras dentre as quais está poder renomear os programas instalados. Uma função que facilita o reconhecimento e também a exportação da lista de programa para um arquivo de texto.

Backup no Limpador de Registro

Um dos pontos que fez desse software um dos mais usados atualmente é o fato de que ele é um dos melhores programas para fazer a limpeza de Registros do Windows além de ser um dos mais seguros também. Usando o CCleaner é bem menor a chance de que o seu PC tenha algum erro depois de passar por uma limpeza.

Para que fique mais claro é importante saber que existem milhares de registros do Windows e que quase todos são importantes. Sendo assim se o programa deletar alguma coisa que não deve pode acarretar num sério problema para o seu computador. A dica para evitar essa situação complicada é fazer um backup que é oferecido pelo próprio CCleaner antes de começar a limpeza. Esse backup pode ser usado para recuperar os registros perdidos no caso de a limpeza dar errado.

Programas que Iniciam Junto com o Windows

Uma coisa interessante que o CCleaner permite é verificar a lista de programas que iniciam junto com o Windows. Observe essa lista e procure por nomes estranhos, pois muitas vezes existem malwares que ficam escondidos nessas listas.

Apagando Arquivos Duplicados

Se tem uma função que é útil do CCleaner é com certeza a de apagar os arquivos duplicados. Muito bom para quem tem o mal hábito de espalhar os arquivos em diferentes pastas do computador tendo assim inúmeras cópias. O seu PC então irá ficar mais leve e mais fácil de trabalhar.

Para fazer isso você deverá marcar quais são os tipos de arquivos que está procurando. Assim você vai dizer ao software que faça uma busca completa, mas rápida na sua máquina atrás dos arquivos que estejam duplicados. Essa ferramenta pode funcionar com dois downloads que sejam iguais ou mesmo com duas instalações do mesmo programa, cópias iguais de uma música entre outros casos.

Vale dizer que o CCleaner não deleta nada automaticamente de maneira que você pode conferir se quer mesmo apagar ou não o que o software encontrou. Observe a lista de arquivos duplicados e selecione manualmente os que quer deletar. Se quiser pode até mesmo recuperar o arquivo.

Incluir

Não é comum, mas pode acontecer de ter programas no seu computador que não estão na database da Piriform de maneira que o CCleaner não vai conseguir limpá-los de maneira correta. Para resolver essa questão você pode usar a função “Incluir” que vem no próprio programa dentro do menu “Opções”. Usando essa função é possível pesquisar os arquivos ou pastas que não são reconhecidos pelo programa e adicioná-los na lista de coisas que devem ser limpas.

Excluir

Seguindo o mesmo raciocínio, mas de maneira oposta, tem a função “Excluir”. Isso é útil para o caso de que você tenha alguma pasta que não deseja que o CCleaner limpe ou que delete em algum momento. Acesse a tela “Excluir” e clique na opção “Adicionar”, opção que está presente no menu “Opções”. Depois de fazer isso o usuário vai poder acrescentar ao programa todos os arquivos que considera como intocáveis de maneira a prevenir uma possível perda.

Deletando Sem Rastros

Sabia que quando você deleta um arquivo não o está apagando de verdade? Isso acontece porque o Windows não deleta todos os caminhos que levam para esse arquivo, mesmo marcando o espaço daquele arquivo como livre. É exatamente por isso que programas de recuperação conseguem recuperar os arquivos que foram deletados.

Pensando nisso o CCleaner conta com a opção “Limpeza de Dispositivo” que fica dentro da sessão “Ferramentas”. Essa opção permite que você marque os drives para que sejam limpos. Esse processo é lento, mas no fim das contas vale a pena para se livrar de vez dos arquivos fantasmas. Com isso você apaga os arquivos de maneira definitiva.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Programas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.