O Que é Vírus de Computador?

Muito se fala a respeito dos vírus de computador e como eles podem prejudicar o seu computador, no entanto, nem todo mundo entende exatamente do que se trata. De uma forma bem geral podemos dizer que os vírus são programas criados para alterar de maneira nociva e clandestina os softwares instalados na sua máquina.

Esse nome de vírus não foi dado por acaso, pois eles realmente têm uma ação semelhante ao vírus biológico uma vez que eles se multiplicam e necessitam de um hospedeiro. Quando encontram essas duas características os vírus de computador ficam somente esperando para atacar, eles se mantém escondidos até que possam ser eliminados.

Perigo Digital

Um dos grandes perigos que esses vírus representam diz respeito ao fato de que eles podem se anexar a quase todos os tipos de arquivo e se espalham com arquivos copiados e enviados entre os usuários.

Um comando simples e de rotina pode ser o detonador do gatilho do vírus acarretando em mostrar somente mensagens ou imagens sem causar danos nos arquivos do computador ou em casos mais extremos podem destruir arquivos e formatar o disco rígido.

Quando o vírus em questão não possui uma rotina de danos é possível que ele consuma capacidade de armazenamento e de memória ou ainda pode reduzir o desempenho do computador que foi contaminado.

Como os Vírus se Espalham

No começo do boom digital os vírus em grande parte se espalhavam através de compartilhamento de arquivos por meio de disquete. No entanto, depois de alguns anos a internet passou a ser mais acessível e vivemos um segundo boom digital, o da conexão.

Com o uso mais frequente da internet os vírus encontraram outras formas para se espalhar como por e-mail, redes sociais e páginas HTML infectadas. Especialistas apontam que mais de 60 mil vírus já foram identificados e a cada mês são desenvolvidos novos 400 vírus o que torna mais difícil que estejam livres de ter a máquina infectada.

Os Tipos de Vírus

Os especialistas dividem os vírus em 14 categorias, confira mais sobre elas abaixo:

Arquivo

Esse tipo de vírus é aquele que anexa ou então associa um código nocivo a um arquivo. Normalmente esse tipo de vírus acrescenta o seu código a um arquivo de programa convencional ou então subscreve o arquivo. Trata-se de um vírus que infecta em geral os arquivos executáveis do Windows em particular os .com e os .exe, mas que não age de maneira direta sobre ao arquivos de dados. O poder de destruição desse tipo de vírus é detonado quando os arquivos contaminados são executados.

Alarme Falso

Esse vírus não acarreta num dano real ao seu computador, no entanto, ele afeta a máquina consumindo tempo de conexão à internet e faz com que o usuário envie o alarme para um grande número de pessoas. Um vírus que está na mesma categoria de vírus-boato.

Backdoor

O nome desse tipo de vírus é auto-explicativo uma vez que permite a hackers controlar o micro que foi infectado usando a ‘porta de trás’. Em geral os chamados backdoors estão embutidos nos arquivos que foram recebidos via e-mail ou então baixados da rede. Quando o usuário executa o arquivo acaba liberando o vírus que faz com que uma porta da máquina seja aberta de maneira que o hacker pode ter controle sobre o computador de maneira total ou com restrições.

Boot

Os chamados vírus boot são aqueles que infectam a área de inicialização dos discos rígidos. É nesse espaço que estão os arquivos fundamentais ao sistema, os vírus boot tem um grande poder de destruição de maneira que impedem até mesmo que o usuário acesse a sua máquina.

Cavalo de Troia (Trojan)

Os vírus chamados cavalo de Troia também são auto-explicativos, trata-se de vírus que são em aparência inofensivos, mas que possuem embutido em si outro programa que é um vírus.

Encriptados

Trata-se de vírus que são codificados de forma que tornam mais difícil a ação dos antivírus para combatê-los.

Hoax

Também conhecido como vírus boato e consistem em mensagens que são enviadas por e-mail para dar alerta ao usuário a respeito da presença de algum vírus muito perigoso. Cuidado com essas mensagens.

Macro

Os vírus da categoria Macro são aqueles que infectam as macros de documentos, ou seja, os códigos executáveis que são usados nos processadores de texto e também em planilhas de cálculo para tornar as tarefas automatizadas. Esse tipo de vírus acaba desabilitando as funções Fechar, Sair e Salvar.

Multipartite

Nessa categoria os vírus afetam o registro mestre de inicialização, arquivos e boot.

Mutante

Os vírus mutantes são aqueles desenvolvidos para tornar mais difícil a detecção pelos antivírus e ele acaba se alterando toda vez que o arquivo contaminado é executado.

Polimórfico

Os vírus polimórficos são aqueles que estão um passo adiante dos vírus mutantes e a sua função é tornar mais difícil a ação dos antivírus porque alteram a sua estrutura interna ou mesmo as suas técnicas de codificação.

Programa

Os vírus do tipo programa infectam somente os arquivos que são executáveis e em muitos casos acabam impedindo que o computador seja ligado.

Script

Esse tipo de vírus faz com que comandos sejam executados sem que haja a interação do usuário. Tem dois tipos de vírus script: VB e JS, o primeiro tem como base a linguagem de programação enquanto o segundo tem como base JavaScript. Os vírus script podem vir em imagens ou mesmo em arquivos que possuem extensões diferentes como vbs.xls, .vbs.doc e js.jpg.

Sthealth

São vírus invisíveis que utilizam inúmeras técnicas que impedem a sua detecção. Os vírus dessa categoria podem redirecionar os indicadores do sistema de maneira que afetam um arquivo sem que faça uma alteração do arquivo que foi infectado.

Quais São os Arquivos Que Espalham Vírus?

Basicamente podem espalhar vírus os arquivos que possuem códigos executáveis como .exe, .sys, .dat, .doc, .xls. Os vírus conseguem infectar todos os tipos de códigos executáveis. Alguns vírus infectam os códigos executáveis na área de sistema dos discos rígidos enquanto outros são chamados de vírus de macro e podem acabar infectando os documentos que utilizam macro.

Os arquivos de dados que são puros são seguros, dentre eles podemos destacar os arquivos gráficos .gif, .jpg e .bmp. Sendo assim somente olhar arquivos de imagens não irá infectar o seu computador.

 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Internet

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.